Dia de todos os Santos

01 de novembro de 2018 (quinta-feira)


Dia de Todos os Santos

Feriado nacional religioso. Este dia pretende celebrar todos os Santos, conhecidos e desconhecidos. É tradição neste dia homenagiar todos os que já partiram. Na véspera do do dia 1 de Novembro (31 de Outubro) existe a lenda de que as almas dos mortos descem aos locais de nascimento, que deu origem à noite das Bruxas ou Halloween.



História e curiosidades

A origem da festa remonta ao século IV com origem em Antioquia (actual Antáquia na Turquia) onde se celebrava-se uma festa, por todos os mártires, do primeiro Domingo depois de Pentecostes (descida do Espírito Santo sobre os apóstolos de Jesus Cristo e sobre Maria, 50 dias após Domingo de Páscoa).

Roma é a cidade seguinte a comemorar esta data, já no Século VI. Esta celebração tem como intuito celebrar todos os Santos, conhecidos e desconhecidos, pois para “....Deus, os Santos são amados todos do mesmo modo...”e não deixar passar a lembrança daqueles cujo nomes foram omitidos por falta de documentos.

Este dia é representado também pelas visitas ao cemitério, onde as pessoas vão arranjar as sepulturas dos seus entes queridos que já faleceram, com flores, que, por tradição, nesta altura do ano são crisântemos.

Outra tradição do 1 de Novembro é as crianças juntarem-se e baterem de porta em porta, tradicionalmente com uma bolsa de pano, a pedir os “Santinhos”, que não é mais do que pedir ás pessoas que dêem o que possam como fruta, dinheiro, maçãs, doces, castanhas, rebuçados, chocolates, etc.



Esta tradição representa uma história antiga que conta que eram os pobres que pediam “Santinhos”. A miséria era muito e as pessoas, no dia 1 de Novembro punham à mesa tudo o que tinham e convidavam os pobres a sentar e a comer e beber. A Broa e milho é talvez o pão mais tradicional deste dia.

Porquê o Halloween?

Halloween significa “All Hallow’s eve”, palavra que vem do Inglês antigo e que significa “véspera de todos os santos”. Esta comemoração tem origem Celta, que viviam há mais de mil anos onde hoje é a Grã-Bretanha e Norte da França. Eles adoravam a natureza e tinham o sol como principal Deus.

Para eles o ano novo acontecia com o início do Inverno, o que corresponderia ao primeiro de Novembro do nosso calendário; acreditavam que nesta data o Deus-Sol era aprisionado por Samhain (senhor dos mortos e príncipe das trevas). Na noite anterior (31 de Outubro), acreditavam que Samhain reunia todos os mortos e estes assumiam diferentes formas, inclusive de animais, principalmente gatos.



Apesar de origem europeia, a festividade é fortemente comemorada nos EUA, dado o forte tendência para o consumismo.